Abstract

A carência de informação meteorológica é uma realidade comum a todas as regiões de Portugal. Muitos são os estudos que estão condicionados a esta lacuna o que conduz, mormente, à realização de estudos e projectos revestidos de incertezas e, talvez, à inibição de certas intervenções no âmbito da Hidrologia e Hidráulica. Neste trabalho descrevem-se a metodologia e os dados necessários para o ajustamento e aplicação do gerador climático CLIGEN no Sul de Portugal (VALE FORMOSO). Avalia-se a performance do CLIGEN na simulação da precipitação diária e mensal. A importância do conceito da normal climatológica é outro aspecto evidenciado no âmbito deste trabalho. Apresentase a análise de sensibilidade do modelo aos diferentes parâmetros de entrada – considerando três períodos distintos de registos de dados climáticos (10, 20 e 30 anos). O CLIGEN gera parâmetros climáticos indispensáveis para a aplicação de vários modelos hidrossedimentológicos dentre os quais se destacam o WEPP (Water Erosion Prediction Project), EPIC (Erosion/ Produtivity Impact Calculator), SWRRB (Simulator for Water Resources in Rural Basins), AGNPS (Agricultural Nonpoint Source Pollution Model) e CREAMS (Chemicals, Runoff, and Erosion from Agricultural Management System). Este estudo permitiu concluir que o modelo reproduz de modo significativo o padrão da precipitação e também evidencia que a extensão da série de precipitação considerada exerce considerável influência nos resultados.

This content is only available as a PDF.